Ir para conteúdo

  • facebook
  • twitter
  • youtube

Informações do Tutorial Visitar tópico de suporte

  • Adicionado em: Jul 13 2013 10:14
  • Exibições: 4091
 


* * * * *
0 Avaliações

Sangria e Troca do Fluído de Freios

Como fazer a sangria do sistema e a troca do fluído de freios.

Postado por Vildenei emJul 13 2013 10:14
tutorial

Este tutorial é uma tradução/adaptação de um tutorial retirado do site espanhol ClubClio.

 

Observação:

O serviço é fácil de ser feito. Mas lembro que se você não tiver certeza ou um pouco de habilidade, é melhor levar seu carro a um mecânico de confiança, pois este serviço está diretamente ligado a sua segurança.

 

Sangria do Sistema de Freios e Troca do Fluído de Freio.

 

Material Necessário:


    [*]Um macaco (para levantar o carro);
    [*]Cavaletes ou apoio para segurar o carro (não é seguro trabalhar com o carro suspenso apenas pelo macaco);
    [*]Uma garrafa PET vazia;
    [*]Mangueira pequena transparente;
    [/list]

     

     

     

    Ferramentas:


      [*]Chave torx para os discos de freio;
      [*]Chave 18 para as braçadeiras do sistema de freio;
      [*]Chave 11 para o parafuso de sangria, etc;
      [/list]
       

      Se for aproveitar e trocar as pastilhas/lonas e discos:


        [*]Fluído de freio compatível com o carro, no caso do Clio Dot 4 (ou superior) e pelo menos 1 litro.
        [/list]

         

        A sangria deve ser feita em cada roda separadamente e seguindo a ordem: traseira-esquerda, dianteira direita, traseira-direita, dianteira- esquerda.

         

        sangria-freios-01.jpg

         

        O motor deve estar desligado durante a operação (caso contrário corre-se o risco de danificar o sistema ABS se houver). Sem o ABS, a sangria poderia ser feita com o motor em marcha lenta o que facilitaria a tarefa de bombear o fluido pisando no pedal de freio.

         

        Ao afrouxar o parafuso de sangria e bombear com o pedal, na primeira vez sairá um pouco de fluido de freio; mas quando soltar o pedal, entrará ar pelo parafuso de sangria... isto é, ao pisar no pedal de freio, sairá fluido pelo parafuso de sangria, mas ao soltar o pedal, entrará ar pelo mesmo parafuso... Por isso é que se precisa de uma outra pessoa.

         

        Essa outra pessoa pisará no pedal enquanto você afrouxa o parafuso de sangria (deixando o fluido sair) e segurará o pedal, enquanto você aperta o parafuso de sangria (impedindo a entrada de ar).

         

         

        Passo-a-Passo:

         

        1. Com o motor desligado puxe o freio de mão. Levanta-se o carro com o macaco e deixe-o suspenso com os cavaletes (ou outro apoio) :

         

        sangria-freios-02.jpg

         

        2. Tire o pneu e comece a desmontar o sistema de freio (se vai trocar as pastilhas, discos, etc.).

         

        sangria-freios-03.jpg  sangria-freios-04.png

         

        3. Vá completando o depósito de fluido a medida que o mesmo esvazia com a sangria. Deixe o depósito sem tampa (aberto).

         

        4. No caso da troca das pastilhas de freio e disco, cuidado com os flexíveis (para que não se rompam e vaze o fluido antes da sangria) bem como o fio do sensor de pastilha (se houver).

         

        sangria-freios-05.png  sangria-freios-06.png

         

        5. Feita a troca das pastilhas e disco, monte as pinças de freio.

         

        sangria-freios-07.png

         

        6. Colocar a mangueira transparente na cabeça do parafuso de sangria e coloque outra extremidade dessa mangueira na garrafa pet, esta com um pouco de fluido. Note que a mangueira deve estar dentro desse fluido na garrafa.

         

        sangria-freios-08.png

         

        7. Peça ao ajudante que pise no pedal de freio (sem afundar todo o pedal, mas a metade), ao mesmo tempo afrouxe o parafuso de sangria (o pedal de freio desce rapidamente ao pisar nele e sobe da lentamente ao soltá-lo).

        8. Peça ao ajudante que solte o pedal de freio lentamente e depois, você, aperta o parafuso de sangria.

         

        sangria-freios-09.png

         

        9. Quando o depósito de fluido se esvaziar, completa-se com fluido novo. Daí repete-se o processo até que na roda não saia nada a não ser o novo fluido de freio, limpo e sem bolhas de ar.

        10. Depois de efetuado o processo nos 4 freios, monta-se as rodas no lugar.

         

        sangria-freios-10.jpg

         

        11. Agora falta ir numa rua sem trânsito e testar os freios novos.

        Caso note alguma anormalidade repita o processo de sangria.

         

        Lembrando que, se trocou as pastilhas/lonas/discos etc. não abuse dos freios nos primeiros 500km.

         

  • AleAyala curtiu isso