Ir para conteúdo

  • facebook
  • twitter
  • youtube

Informações do Tutorial Visitar tópico de suporte

  • Adicionado em: Jul 29 2013 03:10
  • Exibições: 12396
 


* * * * *
0 Avaliações

Troca da Correia Dentada - Motor Renault K4M 1.6 16v

Passo a passo completo e detalhado de como trocar a correia dentada nos motores Renault 1.6 16v K4M.

Postado por Sarpa emJul 29 2013 03:10
tutorial

Procedimento de troca da correia dentada dos motores Renault 1.6 16v (K4M).

 

Este procedimento foi transcrito de um PDF da Goodyear, disponível para download em nosso site.

 

correira-dentada-k4m-01-esquema.png

 

Observação Importante:

 

O procedimento a seguir aplica-se aos seguintes veículos Renault: Scénic 1.6 16V, Clio II 1.6 16V e Mégane 1.6 16V.

 

correira-dentada-k4m-02 - observacao.png

 

Particularidades do Procedimento:

 

As principais particularidades do procedimento de troca da correia dentada desses veículos são:

  • As polias dos eixos comandos de válvulas e a engrenagem do virabrequim não são chavetadas. Por isso, a simples troca dessa correia, requer o domínio do procedimento e a utilização de ferramentas especiais.
  • Há pouco espaço livre no compartimento do motor. Para se retirar as capas protetoras da correia, a correia ou qualquer um de seus rolamentos ou engrenagens, deve-se deslocar o motor (conforme explicaremos nos itens a seguir).
  • O motor está em perfeito sincronismo quando: Com o primeiro cilindro em ponto morto superior PMS (no final da fase de compressão) os rasgos existentes nas extremidades dos comandos (opostas às polias), alinham-se na horizontal (figura 3), tornando possível a perfeita instalação da ferramenta de fasagem (figura 4).

correira-dentada-k4m-figura-03.png  correira-dentada-k4m-figura-04.png

 

 

Procedimento para verificação do sincronismo da correia dentada:

 

1. Retire a bobina e a vela de ignição do primeiro cilindro (figura 1);

 

correira-dentada-k4m-figura-01.png

 

2. Retire o suporte do filtro de ar - com toda sua tubulação (figura 1);

 

correira-dentada-k4m-figura-01.png

 

3. Retire os tampões retentores dos eixos comandos de válvulas - localizados abaixo do suporte do filtro de ar, do lado oposto ao das polias (figura 2).

 

correira-dentada-k4m-figura-02.png

 

Para retirar os tampões, bata cuidadosamente na lateral dos mesmos (figura 2). Caso algum dos tampões seja danificado na retirada, providencie um novo componente;

 

4. Gire manualmente o motor, até que os rasgos existentes nas extremidades dos comandos (opostas às polias), alinhem-se na horizontal - abaixo do centro dos eixos ( figura 3). Atenção!

 

correira-dentada-k4m-figura-03.png

 

Rasgos alinhados acima dos centros dos eixos indicam a necessidade de se dar mais uma volta completa no virabrequim;

 

5. Observe se, nessa condição, o primeiro cilindro encontra-se no ponto morto superior PMS – no final da fase de compressão. Para verificar o PMS insira, por exemplo, um relógio comparador no orifício da vela do primeiro cilindro;

 

6. Com o primeiro cilindro em PMS, remova o bujão para posicionamento da ferramenta indicadora do ponto morto superior PMS e instale-a (figura 5).

 

correira-dentada-k4m-figura-05.png

 

Para verificar o perfeito encaixe da ferramenta de PMS, dê um pequeno giro manual no motor para trás (no sentido contrário ao de rotação) e posteriormente gire-o para frente (no sentido e rotação) até que o movimento do virabrequim seja bloqueado pela ferramenta.

 

7. Com o primeiro cilindro bloqueado no PMS (figura 5) e as extremidades dos eixos comandos corretamente posicionadas (figura 3), instale a ferramenta de alinhamento dos eixos comandos de válvulas e aperte seu parafuso de fixação (figura 4).

 

correira-dentada-k4m-figura-05.png  correira-dentada-k4m-figura-03.png  correira-dentada-k4m-figura-04.png

 

 

Caso seja verificado o sincronismo incorreto ou se deseje substituir a correia dentada, execute o procedimento a seguir.

 

 

Procedimento para Substituição da Correia:

 

1. Desligue o cabo positivo da bateria (figura 1);

 

correira-dentada-k4m-figura-01.png

 

2. Com a correia devidamente sincronizada e os eixos comandos de válvulas e virabrequim travados pelas ferramentas de fasagem (conforme descrito no item anterior), posicione o veículo em um elevador automotivo;

 

3. Retire a proteção do cárter, a roda dianteira direita e o protetor interno ao pára-lama (figura 6);

 

correira-dentada-k4m-figura-06.png

 

4. Alivie a tensão da correia poly-v e retire-a;

 

5. Certifique-se, mais uma vez, do correto posicionamento do virabrequim (apoiado pela ferramenta de PMS figura 5) e dos eixos comandos de válvulas (figura 4);

 

correira-dentada-k4m-figura-05.png  correira-dentada-k4m-figura-04.png

 

6. Retire o sensor de rotação e instale em sua base a ferramenta de travamento da árvore de manivelas (figura 7);

 

correira-dentada-k4m-figura-07.png

 

7. Solte a polia do virabrequim e retire a capa de proteção inferior da correia dentada (capa plástica);

 

8. Para facilitar a retirada do suporte de sustentação superior do motor, solte a mangueira do canister e desligue o chicote dos sensores de pressão-MAP, posição da borboleta-TPS e atuador da marcha lenta-IAC;

 

9. Apoie o motor pelo cárter utilizando-se de um macaco jacaré, por exemplo;

 

10. Retire o suporte de sustentação superior do motor (figura 1);

 

correira-dentada-k4m-figura-01.png

 

11. Por intermédio do macaco jacaré, levante cuidadosamente o motor até que se consiga acesso para a retirada da capa de proteção superior da correia dentada (capa metálica). Feito isso, retire a capa superior da correia;

 

12. Solte a porca de fixação do tensionador da correia dentada e retire a correia;

 

13. Instale a nova correia no sentido anti-horário, começando pela engrenagem do virabrequim;

 

14. Com o auxílio de uma chave Allen de 6mm, movimente o tensionador para sua posição de máximo tensionamento (figura 8). Nessa posição, aperte a porca de fixação do tensionador;

 

correira-dentada-k4m-figura-08.png

 

15. Reinstale a polia do virabrequim, aplicando um torque de 25 N.m (2,5 Kgf.m) + 135 graus angulares;

 

16. Retire a ferramenta de fasagem dos eixos comandos (figura 4), o indicador de PMS (figura 5) e a ferramenta de travamento da árvore de manivelas (figura 7);

 

correira-dentada-k4m-figura-04.png  correira-dentada-k4m-figura-05.png  correira-dentada-k4m-figura-07.png

 

17. Dê dois giros manuais no motor;

 

18. Solte a porca de fixação do tensionador e movimente-o para sua posição de tensionamento ideal (figura 8). Nessa posição, aperte a porca de fixação do tensionador com o torque de 30 N.m (3 Kgf.m);

 

correira-dentada-k4m-figura-08.png

 

19. Reposicione atentamente a correia em sincronismo (conforme descrito no item verificação do sincronismo), travando os eixos comandos de válvulas (figura 4) e o virabrequim (figura 5) em sua posição de fasagem. Instale novamente a ferramenta de travamento da árvore de manivelas;

 

correira-dentada-k4m-figura-04.png  correira-dentada-k4m-figura-05.png

 

20. Retire a polia do virabrequim;

 

21. Reinstale as capas de proteção da correia, o suporte de sustentação superior do motor e a polia do virabrequim - torque recomendado de 25 N.m (2,5Kgf.m) + 135 graus angulares;

 

22. Retire a ferramenta de travamento e as ferramentas de fasagem (figuras 4, 5 e 7);

 

correira-dentada-k4m-figura-04.png  correira-dentada-k4m-figura-05.png  correira-dentada-k4m-figura-07.png

 

23. Reinstale o que foi retirado.

 

 

Observação:

 

Um dos erros mais comuns na execução desse procedimento é o alinhamento incorreto dos eixos comandos de válvulas. Quando isso acontece a ferramenta de fasagem dos eixos comandos de válvulas não se encaixa nos eixos. Não é possível apertar seu parafuso de fixação.